sexta-feira, maio 04, 2012

Um foda-se pro machismo


Numa sociedade idiota onde as próprias mulheres são machistas, eu nunca vou me acostumar a ouvir alguém fazer o seguinte comentário após assistir uma notícia sobre estupro "-Também, com essa roupa aí, né!" Também com essa roupa, o que? Francamente, hein. Ela podia estar com um short menor que a minha calcinha e um top-quase-sutiã, ninguém tem o direito de violentar ninguém. Não tem desculpa! Ela pode ter transado com a cidade inteira, se ela não quer fazer sexo com o Fulano, ele não pode obrigar e ponto. Vocês se prendem tanto a tamanho e o respeito que é bom, vira poeira. Um short curto não mede caráter, seu preconceito e seus rótulos imbecis que medem. Eu tenho nojo. Ainda dizem "Ué, querem homem romântico, que pague a conta? Não queimaram sutiã? Direitos iguais em tudo." Você acha isso engraçado? Vamos fazer piada sobre a Lei Áurea também! As Diretas Já, a Ditadura, outros acontecimentos históricos que deram direitos e dignidade nada mais que justa pra todos nós. Não preciso de um idiota pagando nada pra mim ou que abram a porta de um carro porque sou uma donzela indefesa. Cavalheirismo é uma qualidade, não um favor a nós, mulheres. Se você é, parabéns, se não é, paciência, não vai mudar minha vida, não sou aleijada e tenho meu próprio dinheiro. Também não sou empregada, nem obrigada a saber cozinhar, lavar, passar, pegar cerveja e me vestir de burca pra fazer ninguém feliz. Tô no século XXI, se vocês estão atrasados, eu apenas lamento. 

Um comentário:

  1. Bom se todos pensassem dassa forma. Um foda-se pro machismo!

    ResponderExcluir

Publicidade (juro que eu escolho com carinho):